sábado, 21 de fevereiro de 2015

Alerta - Revistas de Eletrônica

Vocês devem ter percebido que algumas edições mais novas apareceram com uma mensagem ou uma página com um aviso, pois bem isso foi feito porque tem um espertinho que está baixando as revistas daqui do blog e vendendo no Mercado Livre.

Quero deixar claro que eu não tenho nenhuma relação com esse individuo, eu uso o blog para compartilhar essas revistas gratuitamente para consultas e pesquisas por parte de alunos, professores e hobistas, também para preservar essas revistas técnicas brasileiras para que seus idealizadores nunca sejam esquecidos, não ganho absolutamente nada com o blog, como podem ver não tenho nenhuma propaganda e também não ganho nada com os downloads como muitos podem pensar.

Para concluir, estou alterando algumas configurações no Mediafire e pode ocorrer algum problema de acesso das revistas, como já aconteceu com as Monitor de Rádio e TV, por isso peço aos leitores que me informem assim que possível de qualquer erro nos links.

Revista Saber Eletrônica

Para quem não sabe a revista Saber Eletrônica teve início na edição 45 dando continuidade às edições da revista Eletrônica, sendo assim estarei postando todas juntas.

Segue os números que tenho.


001 002 003 004 005 006 007 008 009 010
011 012 013 014 015 016 017 018 019 020
021 022 023 024 025 026 027 028 029 030
031 032 033 034 035 036 037 038 039 040
041 042 043 044 045 046 047 048 049 050
051 052 053 054 055 56 057 058 059 060
061 062 063 064 065 066 067 068 069 070
071 072 073 074 075 076 077 078 079 080
081 082 083 084 085 086 087 088 089 090
091 092 093 094 095 096 097 098 099 100
101 102 103 104 105 106 107 108 109 110
111 112 113 114 115 116 117 118 119 120
121 122 123 124 125 126 127 128 129 130
131 132 133 134 135 136 137 138 139 140
141 142 143 144 145 146 147 148 149 150
151 152 153 154 155 156 157 158 159 160
161 162 163 164 165 166 167 168 169 170
171 172 173 174 175 176 177 178 179 180
181 182 183 184 185 186 187 188 189 190
191 192 193 194 195 196 197 198 199 200
201 202 203 204 205 206 207 208 209 210
211 212 213 214 215 216 217 218 219 220
221 222 223 224 225 226 227 228 229 230
231 232 233 234 235 236 237 238 239 240
241 242 243 244 245 246 247 248 249 250
251 252 253 254 255 256 257 258 259 260
261 262 263 264 265 266 267 268 269 270
271 272 273 274 275 276 277 278 279 280
281 282 283 284 285 286 287 288 289 290
291 292 293 294 295 296 297 298 299 300
301 302 303 304 305 306 307 308 309 310
311 312 313 314 315 316 317 318 319 320
321 322 323 324 325 326 327 328 329 330
331 332 333 334 335 336 337 338 339 340
341 342 343 344 345 346 347 348 349 350
351 352 353 354 355 356 357 358 359 360
361 362 363 364 365 366 367 368 369 370
371 372 373 374 375 376 377 378 379 380
381 382 383 384 385 386 387 388 389 390
391 392 393 394 395 396 397 398 399 400

Fora de Série
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
Fora de Série Especial
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10


Qualquer problema ou erro nos link deixem um comentário.

Revista Rádio - TV Técnico

Segue os números que tenho.

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50
51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70

Qualquer problema ou erro nos link deixem um comentário.

Revista Rádio e Eletrônica

Segue os números que tenho.

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

Qualquer problema ou erro nos link deixem um comentário.

Revista Radio

Segue os números que tenho.

16 Coletânea

Qualquer problema ou erro nos link deixem um comentário.

Revista QTC Antiga

Segue os números que tenho.

001 002 003 004 005 006 007 008 009 010
011 012 013 014 015 016 017 018 019 020
021 022 023 024 025 026 027 028 029 030
031 032 033 034 035 036 037 038 039 040
041 042 043 044 045 046 047 048 049 050
051 052 053 054 055 056 057 058 059 060
061 062 063 064 065 066 067 068 069 070
071 072 073 074 075 076 077 078 079 080
081 082 083 084 085 086 087 088 089 090
091 092 093 094 095 096 097 098 099 100
101 102 103 104 105 106 107 108 109 110
111 112 113 114 115 116 117 118 119 120
121 122 123 124 125 126 127 128 129 130
131 132 133 134 135 136 137 138 139 140
141 142 143 144 145 146 147 148 149 150
151 152 153 154 155 156 157 158 159 160
161 162 163 164 165 166 167 168 169 170
171 172 173 174 175 176 177 178 179 180
181 182 183 184 185 186 187 188 189 190
191 192 193 194 195 196 197 198 199 200
201 202 203 204 205 206 207 208 209 210
211 212 213 214 215 216 217 218 219 220

Qualquer problema ou erro nos link deixem um comentário.

Revista Eletrônica Total

Dando continuidade às listas, segue os números que tenho.

001 002 003 004 005 006 007 008 009 010
011 012 013 014 015 016 017 018 019 020
021 022 023 024 025 026 027 028 029 030
031 032 033 034 035 036 037 038 039 040
041 042 043 044 045 046 047 048 049 050
051 052 053 054 055 056 057 058 059 060
061 062 063 064 065 066 067 068 069 070
071 072 073 074 075 076 077 078 079 080
081 082 083 084 085 086 087 088 089 090
091 092 093 094 095 096 097 098 099 100
101 102 103 104 105 106 107 108 109 110
111 112 113 114 115 116 117 118 119 120
121 122 123 124 125 126 127 128 129 130
131 132 133 134 135 136 137 138 139 140
141 142 143 144 145 146 147 148 149 150
151 152 153 154 155 156 157 158 159 160

Fora de Série
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10

Qualquer problema ou erro nos link deixem um comentário.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Mais Livros

Estou arrumando os links dos livros aqui no blog aos poucos e hoje eu arrumei o post de dois livros italianos que já fazia muito tempo que estavam quebrados e aproveito este post para postar mais dois livros sobre áudio da mesma série e também um livro com muitos esquemas.




quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Livros

Eu consegui arrumar alguns links que estavam quebrados, mas ainda tem alguns que não arrumei pois não achei o arquivo e assim que achar eu arrumo.

Aproveito para postar alguns livros que eu tinha no blog, mas que acabei apagando a postagem, também alguns que achei bem interessante e ainda não tinha disponibilizado aqui.

Som retarda, acelera e bloqueia a luz


Ilustração artística da manipulação da luz usando microesferas de sílica - o vermelho ilustra a luz lenta, o azul ilustra a luz rápida e o amarelo ilustra o efeito de bloqueio da luz.


Transparência Induzida pelo Espalhamento de Brillouin

Pesquisadores da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, demonstraram experimentalmente pela primeira vez um fenômeno que pode ser usado para retardar, acelerar e bloquear a luz. A demonstração tem enorme importância para o campo da óptica, com um impacto direto nos desenvolvimentos no campo da optoeletrônica e da computação quântica. O fenômeno é chamado de Transparência Induzida pelo Espalhamento de Brillouin (TIEB). O Espalhamento de Brillouin ocorre quando o fóton interage com as moléculas do meio onde a luz se propaga, gerando vibrações mecânicas, essencialmente ondas acústicas quase uniformes. Essas ondas sonoras podem então ser utilizadas para manipular a luz.

Vários fenômenos associados já haviam sido demonstrados na prática - como amplificação de Brillouin e espalhamento de Brillouin estimulado - e estão sendo explorados nas transmissões de dados por fibras ópticas e em dispositivos mais avançados no campo da optoeletrônica, que está tentando colocar a luz dentro dos chips. Já o novo fenômeno de transparência induzida permite que a luz viaje num sentido e seja fortemente absorvida no sentido oposto - isto é diferente da quebra da simetria da luz feita por outro grupo recentemente. Este comportamento não-recíproco é essencial para a construção de isoladores e circuladores, componentes fundamentais na óptica e em todos os campos derivados dela.

Interação da luz com som

JunHwan Kim e seus colegas demonstraram o fenômeno TIEB (transparência induzida pelo espalhamento Brilloiun) usando nada além de uma fibra óptica muito fina e uma microesfera de vidro posta junto à fibra - um ressonador de microesfera. "O efeito ocorre devido à interação da luz com as ondas sonoras presentes no material, e é um novo processo físico que nunca fora visto antes. O aspecto mais significativo da nossa descoberta é a observação de que o TIEB é um fenômeno não-recíproco - a transparência só é gerada em um sentido. No outro sentido, o sistema continua absorvendo a luz," disse o professor Gaurav Bahl, coordenador da equipe.

A simetria de reversão temporal - a reciprocidade - é um princípio fundamental bem compreendido na maioria dos contextos acústicos, eletromagnéticos e termodinâmicos. Os engenheiros frequentemente são forçados a usar truques para quebrar essa simetria de reversão do tempo para aplicações de dispositivos específicos.

Quebrando a simetria de reversão temporal

Os atuais componentes ópticos não-recíprocos - por exemplo, isoladores e circuladores - são construídos exclusivamente usando o efeito magneto-óptico de Faraday. Este método usa campos magnéticos para quebrar a simetria de reversão temporal com determinados cristais de granada e ferrita. Contudo, estes materiais são difíceis de serem cultivados na escala dos chips e os campos magnéticos são fontes de interferência danosos para muitas aplicações, o que tem inviabilizado a criação de isoladores de efeito Faraday para sistemas ópticos miniaturizados e integrados em chips.

"Nós demonstramos um método de obtenção de não-reciprocidade óptica linear que não usa ímãs, pode ser implementado em qualquer material óptico comum sem precisar de ferritas e pode ser implementado em qualquer fábrica comercial," acrescentou Bahl.

Via estreita

O novo fenômeno também permite a aceleração e a desaceleração da velocidade de grupo de luz - os físicos chamam isto de "luz rápida" e "luz lenta". As técnicas de "luz lenta" são extremamente úteis para o armazenamento de informações quânticas em cristais e aplicações de armazenamento óptico em geral. "Embora já se soubesse que a luz lenta e a luz rápida podem ser obtidas usando o espalhamento de Brillouin, nosso dispositivo é muito menor e usa muito menos energia do que qualquer outra demonstração anterior, por várias ordens de magnitude. No entanto, devemos sacrificar a largura de banda para obter tal desempenho," ressalva Kim.

Fonte: Inovação Tecnológica